DestaqueNotíciasSem categoria

Estudo aponta que 48% dos brasileiros frequentam semanalmente bares e restaurantes 

Um estudo recente realizado pela Opus, CGA by NIQ, revela que o consumo no local de compra, ou on premise, está profundamente enraizado na vida social dos brasileiros. A pesquisa, a primeira da NielsenIQ para o setor no Brasil e divulgada pelo site Mercado e Consumo mostra que 48% dos brasileiros que frequentaram bares, restaurantes, cafés e estabelecimentos similares nos últimos três meses visitaram esses locais pelo menos uma vez por semana. 

Popularidade de bares e restaurantes no Brasil 

Os dados coletados apontam a popularidade de bares e restaurantes, com quase metade dos visitantes preferindo beber cerveja no local de compra, seguida por vinho e bebidas destiladas. Além disso, a icônica Caipirinha é o coquetel mais popular do Brasil, com drinks clássicos como Gin Tônica, Margarita, Mojito e Piña Colada também em alta demanda. 

Preferências de consumo 

A pesquisa revela que 57% dos consumidores costumam frequentar restaurantes, com churrascarias, cafés e botecos sendo as escolhas mais comuns. Um terço dos entrevistados opta por uma refeição casual, enquanto um quarto prefere refeições rápidas, evidenciando a natureza descontraída das visitas on premise. 

Impacto no consumo off premise 

Comportamentos on premise, que se referem ao consumo no local de compra como bares e restaurantes, influenciam os gastos off premise, que ocorrem fora do local de compra, como em supermercados e lojas de conveniência. Quatro em cada cinco consumidores brasileiros indicaram que é provável ou muito provável comprar uma bebida para consumo em casa se gostarem dela em um bar ou restaurante.  

Importância do mercado brasileiro 

Matthew Crompton, vice-presidente das Américas da CGA by NIQ, afirmou que a equipe da CGA by NIQ está encantada por apoiar, pela primeira vez, os negócios de on premise no Brasil. “Esta é uma das cenas de bares e restaurantes mais vibrantes do mundo, e nosso lançamento responde à demanda de nossos clientes globais para melhorar os insights em um mercado competitivo com um rico potencial de crescimento”, destaca Crompton. 

Para o executivo, a pesquisa Opus fornece aos fornecedores os dados necessários para tomar decisões de investimento confiantes. Ele acredita que o lançamento do Outlet Index, no final do ano, adicionará outra dimensão às estratégias bem-sucedidas. “O on premise é absolutamente vital para a experimentação e a valorização de marcas no Brasil, e nossas soluções podem estabelecer as bases para ganhos substanciais em vendas e participação nos próximos meses e anos”, conclui o vice-presidente. 

Alfredo Costa, diretor-geral da NIQ no Brasil, afirma que entender o ambiente de on premise tornou-se cada vez mais crítico para antecipar novas tendências em categorias, sabores e marcas que posteriormente se tornam populares em outros canais de venda. “Estou empolgado em lançar o portfólio da CGA no Brasil, uma solução de classe mundial para esta indústria. Esta adição não apenas aprimora nosso conjunto de soluções, mas também fortalece nossa estratégia full view, permitindo que nossos clientes e parceiros tomem decisões de negócios mais informadas e melhorem seu desempenho”, pontua Costa. 

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo